segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Terapias com oxigênio


Depois de várias revistas anunciarem o segredo da Madonna e Jennifer Lopes de rejuvenescimento, já não se fala em outra coisa...

Estive no congresso internacional de estética em São Paulo e lá todas as redes de televisão estavam anunciando o 'Oxygen WS'. Terapia baseada em camêras hiperbáricas que são capazes de infundir oxigênio na pele.

A promessa é recuperar o vigor e acelerar a regeneração das células. Celebridades como a top Naomi Campbell e as atrizes Gwyneth Paltrow e Jennifer Lopez já se disseram usuárias do método, que pode ser ministrado com substâncias como o ácido hialurônico – preenche sulcos – e vitaminas antioxidantes. O oxigênio também é ingrediente de produtos de marcas como a suíça Karin Herzog, a australiana Thalgo, e a Nívea, que lançou o gel de limpeza Oxygen Power Wash Gel.


Os defensores da técnica argumentam que o aumento do aporte do gás eleva a quantidade do gás circulante no sangue e acelera a regeneração dos tecidos. O método também está sendo chamado de oxigenoterapia hiperbárica estética e tópica. É um nome derivado das aplicações do oxigênio no campo da medicina hiperbárica.

Nessa especialidade, o gás é usado com fins curativos para tratar feridas que não cicatrizam, entre outras aplicações. O paciente entra em uma câmara hiperbárica, onde a pressão do ar é maior do que na atmosfera. Somada à inalação de oxigênio puro, a elevação da pressão aumenta a circulação do gás, fazendo com que chegue a regiões onde a irrigação dos tecidos está reduzida.






Nenhum comentário:

Postar um comentário